Tirinhas e Finanças Pessoais

Capítulo 3

Porque tratar de finanças deve ser algo sempre tão sério? Tão igual e enfadonho? Vamos continuar quebrando paradigmas e rindo de nós mesmos e de fases das nossas vidas que, embora cômicas, trazem reflexões, aprendizados e tem o potencial de evitar futuros equívocos!

Divirta-se! Comente, mande para alguém especial, vamos brincar juntos com o cotidiano, diluindo sua dureza e complexidade e tornando-o caricaturas de um passado divertido e rico em lições. 

Tirinha 1:

Legenda: Eventualmente faço no MEU INSTAGRAM lives dando dicas, ensinamentos e tratando de todo tipo de assunto relevante a saúde financeira das pessoas, não raramente percebo pessoas que gostariam de ter acompanhado dizendo que seus amigos não os chamaram, que não repararam e já havia passado. Talvez um dos motivos seja esse! Talvez, esteja nas entrelinhas - como NESTE POST  do blog.

Tirinha 2:

Legenda: Ensinar educação financeira para os filhos pode ser muito desafiador. Em parte porque nunca a recebemos em nosso trajeto infatil e escolar, de todo modo, parte da complexidade vem da perspecácia dos jovens, que interpretam as lições das maneiras mais inusitadas e convenientes!

Tirinha 3:

 

Legenda: Muitas vezes percebemos nossos gastos demasiados, nossa conta chegando no negativo e temos o impulso de começar a poupar - o comportamento humano é semelhante ao de um regime - resultado: o mesmo. Muito ativo no começo, por vezes exagerado (daí a graça), desconsidera o longo prazo e que não gastar na semana com comida, por exemplo, não significa muito se você tinha todos os ingredientes na dispensa.

Fonte: 

Curtiu? Coloque aqui o seu E-Mail e receba os próximos artigos!